segunda-feira, 18 de março de 2019

Estresse – uma bomba que pode ser desarmada.

12:47 0 Comentários


O que te estressa? Realmente há necessidade de passar por tudo isso que te impede de viver melhor?

Tratar o estresse de forma clara, certo do que se está fazendo, indo em direção ao foco que desejar atingir, sabendo o motivo pelo qual foi causado e o tipo, tornará tudo bem mais brando, trazendo as mudanças indescritíveis do nosso estado que são causadas por ele, impulso para se viver de forma nova.

Segundo a Associação Americana de Psicologia, há três tipos de estresse, além disso, existe o transtorno do estresse pós-traumático. Descritos da seguinte maneira.

Estresse agudo, é uma reação do corpo a um momento ou fato estressante. Os sintomas da reação aguda ao estresse passam em grande parte pelos sintomas ansiosos como - ativação psíquica; instabilidade de humor; apreensão; insegurança. Ligados aos sintomas físicos - dor de cabeça tensional; dor nas costas; dor na mandíbula; dores musculares em geral; azia; palpitações cardíacas; aumento de pressão; mãos suando.

Estresse agudo episódico, é quando esses estímulos que causam as reações agudas ao estresse se repetem com frequência, sendo os sintomas do estresse agudo, mas prolongados. Como - dores de cabeça tensionais persistentes; enxaquecas; hipertensão; dor no peito; doenças cardíacas.

Estresse crônico, é um fator de risco para ansiedade e depressão, ocorridos a partir do momento que uma pessoa se mantém continuamente estressada, fazendo parte da rotina. Apresentando os seguintes sintomas físicos e emocionais – fadiga; desgaste; mal-estar; cansaço; esgotamento; aumento da vigilância; dificuldade em relaxar e descansar; desânimo; tristeza; sensação de fracasso; dificuldade de sentir prazer; alteração do sono.

Transtorno do estresse pós-traumático, é quando o episódio que desencadeou o estresse agudo representou ameaça à sua vida ou à vida de terceiros. Ele pode ser definido como um distúrbio da ansiedade caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas físicos, psíquicos e emocionais.
Esse quadro ocorre devido à pessoa ter sido vítima ou testemunha de atos violentos ou de situações traumáticas que representaram. Quando ele se recorda do fato, revive o episódio como se estivesse ocorrendo naquele momento e com a mesma sensação de dor e sofrimento vivido na primeira vez.


Se identificou com algum tipo? Mas quais as principais causas?

Uma pessoa pode sentir estresse em alguns momentos importantes de sua vida, motivada, possivelmente, por ansiedade, apreensão e preocupação, como por exemplo - começar em um emprego novo ou escola nova; mudar-se para uma casa nova, casar-se, ter um filho; terminar um relacionamento; uma doença, seja com você ou com um amigo ou ente querido, é uma causa comum de estresse.


Alguns medicamentos podem provocar ou piorar os sintomas de estresse. Estes podem incluir - alguns medicamentos inalados usados para tratar asma; medicamentos para tireoide; algumas pílulas dietéticas; alguns remédios para resfriado; produtos com cafeína, cocaína, álcool e tabaco também podem provocar ou piorar os sintomas de estresse e ansiedade.

Ficou surpreso com tanta coisa? E afinal, se me identifiquei com algum tipo ou conheço alguém que esteja passando por isso, o que devo fazer?

Na LA Florais, você encontra diversos produtos, desde os florais em gotas que atuam diretamente em seu interior, até produtos que podem tornar o ambiente, um lugar mais tranquilo. Além claro, do atendimento que desde o início, oferece um auxilio diferenciado. 

Visite nosso site e conheça nossos produtos: www.laflorais.com.br